Menu

#sindserm.com

FESPPI divulga nota de apoio aos professores de Parnaíba e repudia palavras de baixo calão do prefeito “Mão Santa”

25 AGO 2017
25 de Agosto de 2017

NOTA DE APOIO AOS PROFESSORES E DEMAIS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE PARNAÍBA, EM ESPECIAL AOS SERVIDORES LOTADOS NA ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCA BORGES DOS REIS.

 

A Educação Pública é direito inalienável a toda a população brasileira, lutamos por uma educação pública, gratuita e de qualidade, mas para que seja de fato de qualidade é preciso valorização e respeito com os trabalhadores. Nossa luta não é apenas por melhores salários, é também por uma educação de excelência, por respeito, dignidade e reconhecimento pelo árduo e difícil trabalho realizado. A valorização e o respeito aos trabalhadores e trabalhadoras é indispensável para a democratização do ensino. Os professores exercem papel fundamental para a construção de uma sociedade justa, igualitária, solidária e não violenta. Portanto, o desrespeito a essa categoria profissional significa, em última instância, desrespeitar também toda a sociedade.

 

A FESPPI – FEDERAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DO PIAUÍ, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Parnaíba e as demais entidades a ela filiadas, torna público a presente NOTA DE APOIO aos professores e demais servidores da educação de Parnaíba, em especial aos servidores lotados na Escola Municipal Francisca Borges dos Reis, Localizada no Bairro Frei Higino em Parnaíba, que foram duramente agredidos com palavras de baixo Calão pelo Prefeito, Senhor Francisco de Assis Moraes Souza, “Mão Santa”.

 

Os servidores da citada escola estavam em mobilização, organizando um bingo beneficente em prol de uma aluna, cuja família necessita de um apoio financeiro para custear o tratamento médico dessa aluna, razão pela qual os alunos foram liberados antecipadamente. Na oportunidade em que o referido prefeito chega a Escola e ao presenciar a saída dos alunos, sem questionar os motivos, agiu de maneira desrespeitosa, utilizando-se de palavras como: “vagabundos” e “ladrões”, para desqualificar os professores e demais funcionários, configurando assim, abuso de poder e assédio moral ao expô-los ao constrangimento, humilhação e violência psicológica na presença de pais e alunos da referida escola municipal.

 

Assim, endossamos nosso apoio aos servidores e repudiamos veemente todo tipo agressão que fere a dignidade do trabalhador.

 

Teresina (Pi), 23 de agosto de 2017.

 

Diretoria Executiva da FESPPI e Sindicatos Filiados

Federação dos Servidores Públicos do Estado do Piauí

Voltar

SINDSERM - São Raimundo Nonato - PI - CEP: 64.770-000
Nossa Força é a Nossa União