Menu

#sindserm.com

Servidores dizem não às reformas do governo Temer e a Estatuto da Prefeita em dia de Greve Geral; por nenhum direito a menos

30 JUN 2017
30 de Junho de 2017

Representantes da diretoria do SINDSERM, servidores, e integrantes de outros movimentos sociais participaram de um ato público na Praça do Relógio no centro de São Raimundo Nonato na manhã dessa sexta-feira (30). A mobilização faz parte da Greve Geral que promoveu atos em várias cidades do país contra a reforma trabalhista, pela saída de Temer, e em defesa da aposentadoria.

Além da pauta nacional, a mobilização promovida em São Raimundo Nonato contou um item da luta dos trabalhadores em nível local – o projeto de lei da prefeita Carmelita Castro (PP), que pretende mudar o regime jurídico dos servidores municipais de Celetista para Estatutário. Mas, de maneira geral, o movimento alertou sobre a perda de direitos já conquistados.

Durante o ato na Praça do Relógio, a presidente do SINDSERM professora Andréia Alves, discorreu sobre a pauta do movimento em todo Brasil, pois o governo Temer tem colocado em xeque, direitos conquistados pela classe trabalhadora ao longo da nossa história. O movimento encabeçado pelo sindicato também pediu a saída do presidente ilegítimo.

Voltar

SINDSERM - São Raimundo Nonato - PI - CEP: 64.770-000
Nossa Força é a Nossa União